Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Anilton Levy



Domingo, 25.05.14

Poema ÁFRICA

África

Aprende que és o berço da humanidade
És a mãe de todos os povos
Desde muito cedo viste os teus filhos partirem
À procura de novas oportunidades
Muitos por querer
Outros por obrigação
Muitos forçosamente partiram
Com lágrimas nos olhos
Sem querer, foram acorrentados
Choras pelos teus filhos
É triste vê-los maltratados

África
És a fonte de tudo
És o início do mundo
Com várias vidas
Histórias marcadas no tempo
Animais de todas as espécies
Frutas com diferentes sabores
Montes e vales
Rios e mares
Mãe de diferentes ritmos
De danças e mitos
Cheia de herança
Rainha da esperança

África
Diz-me se proteges o povo contra essas doenças
Diz-me!
Quanto dos teus filhos já morreram
Por causa do HIV?
Tens fome?
Porquê, África?
Dizem que tens petróleo, ouro, diamante...
A culpa é do homem branco,
Não é?
Diz-me, África
Não tenhas medo
Fala comigo e com o mundo

África
Sabes o que significa liberdade?
Sabes distinguir a mentira da verdade?
Sempre lutaste contra a maldade
Dos teus filhos que partiram, sentes saudade
A ti e aos teus filhos desejo felicidade

 

Anilton Levy

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Anilton Levy às 05:00


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031